Archive for fevereiro \28\UTC 2010

Tricolor goleia com show de Fernandinho

fevereiro 28, 2010

O São Paulo venceu o Monte Azul por 5 x 1  e entrou no G4 do Campeonato Paulista. O grande nome da noite foi Fernandinho que entrou no segundo tempo e marcou 4 gols. Léo Lima abriu o placar no primeiro tempo.

Mesmo com a lentidão característica dos últimos jogos o São Paulo não encontrou dificuldades na partida. Agora o Tricolor encara o Oeste fora de casa nesta quarta as 21h30.

Anúncios

Entrevista no Blog do Zanquetta-Lyllian Bragança

fevereiro 27, 2010

Caros amigos Tricolores,

Acompanhem a entrevista que fiz no Blog do Zanquetta (ao qual faço parte da equipe) com a Musa do Carnaval 2010 de São Paulo e Musa da Vai-Vai Lyllian Bragança.

Parte 1

Parte 2

Parte 3 (com making off)

São Paulo perde de virada na Colômbia

fevereiro 26, 2010

O São Paulo perdeu por 2 x 1 na noite de ontem para o Once Caldas em jogo válido pela segunda rodada da Libertadores da América.

Após um bom primeiro tempo, o time comandado por Milton Cruz não suportou a pressão do time colombiano e permitiu a virada.

Um meio campo burocrático e um ataque isolado foram determinantes para a derrota, além da falha de Marcelinho Paraíba no primeiro gol. O lado positivo foi o gol de Rogério Ceni, que marcou se 11º gol no torneio e se tornou o maior artilheiro do São Paulo em Libertadores.

Muito time para pouco técnico?

fevereiro 25, 2010

Oito meses é tempo suficiente para avaliarmos o trabalho de um treinador. Ricardo Gomes teve um desempenho considerado bom no ano passado pois mudou o jeito “manjado” do São Paulo jogar. Parou com os insistentes chuveirinhos na área, deu confiança a alguns jogadores, terminou com as improvisações e chegou muito perto de conquistar o título nacional.

Este ano novos jogadores foram contratados. Jogadores estes na sua maioria com bastante técnica e com qualidade suficiente para montarmos um timaço! Mas até agora o time não engrenou. Como diria Muricy, “ainda não deu liga”.

Nosso treinador está testando várias formações técnicas e táticas. Já vimos 4-4-2, 3-5-2, 3-6-1, duas linhas de quatro, uma linha de quatro e duas linhas de três, losango no meio campo, formação em “M”, formação em “W”….. mas até agora não vemos claramente um time definido e muito menos um esquema consolidado. A equipe não joga bem. Aliás, está difícil ver uma boa apresentação este ano.

A questão é: Será que não é muito time para pouco técnico? Será que Ricardo Gomes consegue dar conta desse elenco que foi planejado para este ano? Será que ele conseguirá fazer o São Paulo campeão em 2010?

Se não ganharmos nenhum título este ano com todo o planejamento que está sendo feito e com todas essas contratações, aí a situação do nosso treinador ficará muito complicada. Logicamente que as outras equipes também se planejam, fazem contratações, mas quem é São Paulino sabe que temos totais condições de ganharmos os campeonatos deste ano com o elenco que foi formado. O ano de 2009 passou em branco e mais um ano sem ganhar nada seria trágico.

Até agora o que mais tenho visto é torcedor reclamando. Fizemos muito mais partidas ruins do que partidas boas e não podemos ficar satisfeitos ganhando apenas de equipes pequenas do interior do estado. Até agora foram três clássicos e três derrotas. Falta ainda o jogo contra o time do “Centenada”, como diria o Zanquetta, e mais uma derrota será vexatória para o São Paulo e para os torcedores.

Começo a ter dúvidas da capacidade que Ricardo Gomes tem de comandar esta equipe. Até hoje não vi nenhum nó tático em algum técnico adversário, uma formação mais ousada, uma alteração em uma hora inesperada…. parece que a postura da equipe e as mexidas são sempre previsíveis. Parece que ele faz apenas o “arroz com feijão”.

Ricardo Gomes já teve tempo suficiente para se adaptar ao clube e se ajustar às exigências da diretoria e dos torcedores. Ele sabe que no São Paulo só existe um objetivo: Ser campeão!

Não consigo enxergar nos jogadores do São Paulo garra, fome de bola, sangue nos olhos…. Gostaria de ver o time mais brigador, lutando pela posse de bola a qualquer custo. Dá a impressão que o jeito mais calmo e ponderado do nosso treinador está se refletindo em campo e o time anda muito bonzinho com os adversários. Que falta faz um Lugano nesse time!

Porém, como ainda estamos no meio das disputas dos Campeonatos Paulista e Brasileiro, dou um voto de confiança a Ricardo Gomes e espero sinceramente que esta dúvida na capacidade de seu trabalho seja transformada em boas apresentações e consequentemente em títulos.

Independentemente de todas as críticas e questionamentos em relação ao nosso treinador, fica aqui a solidariedade ao nosso comandante que sempre se mostrou uma pessoa educada e íntegra e que com certeza está tentando fazer de tudo para que o São Paulo se mostre forte e competitivo neste ano. Que ele tenha uma pronta recuperação e volte logo ao banco de reservas para comandar nossa equipe.

Enquanto isso… boa sorte Milton Cruz!

FORÇA, RICARDO GOMES!!!!

fevereiro 22, 2010

Ricardo Gomes sentiu-se mal durante o clássico contra o Palmeiras e na noite de ontem deu entrada no hospital São Luis com dores de cabeça e formigamento no ombro. Constatou-se um AVC que não deixará sequelas no nosso treinador.

Ricardo Gomes é uma pessoa educada, íntegra e nesse momento merece todo o apoio da torcida Tricolor para sua recuperação. O treinador ficará alguns dias em repouso e Milton Cruz comandará a equipe já nesta quinta contra o Once Caldas em jogo válido pela Libertadores.

FORÇA, RICARDO GOMES!!!!

Futebol pequeno e nova derrota em clássicos

fevereiro 22, 2010

Com um futebol de gente pequena o São Paulo perdeu o seu terceiro clássico na temporada. Ricardo Gomes não poupou os titulares para a partida desta quinta pela Libertadores (acredito que JJ tenha influenciado nesta decisão) e mesmo assim perdeu a partida para um adversário não tão bom assim, mas que jogou pois o Tricolor não entrou em campo.

2 x 0 foi pouco. Poderia ter sido mais, caso Rogério Ceni não tivesse feito algumas boas defesas. Mas na minha opinião, nosso capitão falhou no segundo gol.

Time sem vontade, sem garra, sem criação…… e com esse futebol chato não chegaremos longe em nenhuma competição. Ainda dá tempo de se recuperar, mas tá dando sono ver o Tricolor em campo !

Imagem: Vipcomm

Parabéns ao blog “São Paulinos de Araxá”

fevereiro 19, 2010

[1+ANO+NO+AR.jpg]

Quero parabenizar meu amigo e parceiro Uanderson Leonardo pelo aniversário de 1 ano do blog “São Paulinos de Araxá”.

Sempre com notícias atualizadas e contando como uma equipe de colunistas (a qual faço parte), o “São Paulinos de Araxá” é certeza de uma boa fonte de informações com relação a tudo o que acontece no São Paulo.

São Paulo vence Barueri por 3 x 1

fevereiro 19, 2010

O São Paulo fez sua obrigação e venceu o modesto time do Barueri (que se chamará Grêmio Prudente) por 3 x1. Destaque para o primeiro gol na equipe profissional do garoto Henrique, que entrou no segundo tempo no lugar de Washington.

O Tricolor criou inúmeras oportunidades mas não conseguia definir a partida. Apesar de sair atrás do placar em uma falha do nosso capitão, o São Paulo virou o placar ainda no primeiro tempo com Wasington e Marcelinho Paraíba.

Domingo tem clássico contra o Palmeiras no Chiqueirão e sem Muricy pelo lado palestrino.

Ué !!!! Cadê a diretoria que dava apoio e tranquilidade para trabalhar ? JJ o segurou por mais de 3 anos no São Paulo e Belluzo não foi capaz de aguentar a pressão e em apenas 8 meses demitiu o treinador.

Mas Muricy já faz parte do passado……… chega desse assunto !

Torcida

fevereiro 17, 2010

Qual a relação das torcidas com suas respectivas equipes?

A resposta parece simples: Se o time joga bem, a torcida aplaude. Se o time joga mal, a torcida vaia.

Acho até que não é o time que leva a torcida e sim a torcida que leva o time. Às vezes o jogo está morno, sem graça…. e basta a torcida se animar, começar a incentivar para os jogadores ficarem mais espertos, correrem mais, se dedicarem e incendiar a partida.

Quer coisa mais chata que uma partida de futebol sem torcida?

E no extracampo, a torcida ajuda ou atrapalha?

O São Paulo adota sabiamente a política de não permitir torcedores em seu CCT. O jogador tem que ter tranquilidade para trabalhar e se a torcida quiser exigir alguma coisa, que a faça no estádio.

Eu estava presente em um jogo no Pacaembú no ano de 2004. Tínhamos acabado de perder a semifinal da Libertadores para o Once Caldas e os jogadores mais criticados eram Rogério Ceni e Luis Fabiano. Parte da torcida inclusive foi ao estádio vestida de amarelo para protestar, dizendo que o time era “amarelão”. Por ironia do destino, naquela partida Luis Fabiano perdeu um pênalti e Rogério Ceni falhou em um lance de gol, decretando nossa derrota por 2 x 1. Essa foi a penúltima vez que vi a torcida fazer um protesto mais veemente com o time.

À partir dali começamos a nos reerguer. O técnico Leão foi contratado e deu uma nova cara ao time. De amarelões passamos a cascudos. Se a técnica não adiantava, conseguíamos nossos êxitos através da raça, da vontade e da determinação. Leão saiu (para ajudar um amigo lá no Japão que até hoje ninguém sabe quem é) mas a equipe manteve a “pegada” de time brigador. A torcida ficou muito empolgada com a nova atitude da equipe em campo.

A diretoria inteligentemente começou a contratar com mais critério e o time virou um verdadeiro rolo compressor. De lá pra cá ganhamos Libertadores, Mundial, três Campeonatos Brasileiros e os títulos que não ganhamos, pelo menos chegamos nas fases finais.

Nunca ví faixas de cabeça pra baixo, bagunça em frente ao CCT, perseguição a algum jogador e muito menos torcedor acorrentado no portão do clube, seja por uma má campanha ou por um rebaixamento. E esse problemas de 2ª divisão nós não temos!

A torcida é o termômetro do time. Sabíamos que algo estava errado na Libertadores do ano passado. Muricy apesar de desgastado com parte da diretoria ainda gozava de prestígio com a torcida, que nunca deixou de apoiá-lo. Mas quando perdemos para o Cruzeiro, a paciência da torcida chegou ao limite e depois de quatro anos, a cobrança veio novamente das arquibancadas sob os gritos de “vergonha, vergonha, time sem vergonha”. E esta foi a última vez que ví a torcida pegar no pé do time. Ainda de forma leve, mas foi um protesto porque todos sabiam que alguma coisa precisava mudar. E Muricy caiu!

Pois bem….quatros sem cobranças exageradas ate que é bastante tempo. E isso é reflexo do bom trabalho que vem sendo feito no Morumbi. Há sete anos que nos classificamos para a Libertadores. Por pouco não ganhamos o inédito e espetacular quarto titulo consecutivo, mesmo com todos os problemas que ocorreram na temporada passada. Estamos finalmente conseguindo repatriar antigos ídolos como Marcelinho, Alex Silva e Cicinho.

Com comprometimento, muito trabalho sério e principalmente muito apoio vindo das arquibancadas, espero que essa fase de protestos demore muitos e muitos anos para acontecer.

Imagem: Jovempan/blogs

São Paulo encara Barueri nesta quinta

fevereiro 17, 2010

O São Paulo volta a campo nesta quinta para enfrentar a equipe do Barueri no Morumbi.

Mais uma vez o torcedor Tricolor é penalizado pelos caprichos de que detém os diretitos de transmissão. O jogo está marcada para as 21h50 para se enquadrar na grade de horários da TV fechada.